Bebê Blogger

Já nasceu o primeiro bebê blogueiro do Brasil… EU ;)

Oito meses de vida

Sabe, eu ando meio chorão ultimamente. É que a partir de agora, minhas emoções ficam à “flor da pele”… (porque será que chama assim se a pele não dá flor… ou dá e eu ainda não ví?) Bom… sei lá…O que eu sei é que nesta idade, a maioria dos bebês sente o que os sabidos chamam de “ansiedade de separação”.

Algumas vezes fico mais tímido ou preocupado perto de desconhecidos, ainda mais quando estou meio cansado. Nos momentos em que mamãe não está por perto, eu me sinto meio triste, não vejo muita graça nas brincadeiras. Mas mamãe sabe que, mesmo que seja desagradável, essa separação é importante para o desenvolvimento da minha autoconfiança e da formação de elos emocionais com outras pessoas.

Mas se você tem dificuldade em deixar seu bebê por algumas horas, aqui vão algumas dicas para que ele fique bem:

  • Quando sair, beije e abrace seu bebê e diga a ele que vai voltar.
  • Se ele ficar assustado e chorar, não tenha dúvidas em reconfortá-lo e assegurar que você volta mesmo.
  • Na hora da separação, é bom ter por perto uma outra pessoa com quem seu bebê esteja familiarizado.
  • Se seu bebê fica ansioso no momento de se separar de você à noite, procure reservar um tempinho a mais para estar com ele, segurá-lo no colo, ler ou cantar uma música antes de colocá-lo de vez para dormir.

Alguns bebês lidam melhor com separações do que outros, dependendo do temperamento. Eu por exemplo, detesto ficar longe da mamãe e abro o berreiro mesmo.

Cada criança é de um jeito, e cada uma precisa de determinada quantidade de atenção. Você conhece seu filho melhor do que ninguém, por isso, siga seus instintos e não se sinta culpada por dar mais atenção se achar necessário.

Nessa fase a gente também, nossa percepção está mais aguçada e descobrimos várias formas de brincar com o mesmo objeto, chacoalhando, batendo, deixando cair no chão e atirando para longe, antes de voltar ao bom e velho método de colocar qualquer coisa na boca. Uma boa idéia é ter em casa brinquedos com muitas partes para bater, apertar, virar e abrir.

engatinhandoTambém gosto de ver coisas caindo e sendo apanhadas (pela mamãe e pelo papai, é claro) e depois jogar no chão novamente. Calma, eu não estou sendo birrento ou malcriado, por mais que pareça; eu simplesmente adoro observar como as coisas caem e rolam pra longe, de formas diferentes a cada jogada…e adoro ver muitas e muitas vezes.

E por falar em ver, minha visão está cada vez mais clara. Agora é praticamente igual à de um adulto em clareza e percepção de profundidade. Embora eu ainda enxergue melhor de perto do que de longe, eu vejo o suficiente para reconhecer pessoas e objetos do outro lado da sala… ei, aquela ali do outro lado da sala é minha bolinha! Vou buscar 🙂



Comentaram por aqui...

  • dea junho 14th, 2010 em 6:48 pm

    quero sr eguidora e nao estou conseguindo, bjs dea

  • dea junho 14th, 2010 em 6:50 pm

    ola como faço para seguir seu blog nao estou achando opçao.Bjs

  • Verinha junho 14th, 2010 em 7:36 pm

    Ei… tô sentindo falta de fotinhas novas! Buááááááááá… Pede pra mamãezinha postar um monte delas e não deixar a gente tão curiosa!! (apesar de imaginar que você continua lindão, também quero ver essa sua ‘evolução’…). Beijos

  • Bebê Blogger junho 15th, 2010 em 10:02 pm

    Oi tia Dea,
    Pra receber as atualizações do blog vc pode clicar lá em cima da foto do cabeçalho, num botãozinho laranja que tá escrito “Subscribe” Ou, se vc tiver twitter pode me seguir no @bebeblogger 😉

  • Bebê Blogger junho 15th, 2010 em 10:03 pm

    Oi tia Verinha,
    hahaha pois é, preciso colocar mais fotinhos mesmo 🙂
    Brigado por vir me visitar sempre 😉

  • Roberta junho 16th, 2010 em 7:40 pm

    Como tive meu primeiro bebe há pouco tempo, estou muito confusa sobre essa história de REFLUXO. Meu 1º bebe nasceu a pouco e está com esse problema. Não sei devo deixar meu pequeno de barriga para cima ou de lado. Voce poderia falar a respeito no blog? Procurei médicos que tiveram opiniões totalmente divergentes. Medicação não surte efeito.
    Sigo a orientação de mamãe, deixando ele com barriga para cima….. eventualmente ele tem o dito problema. A propósito, quando estava fora do BR – faz tempo – vi um produto que indica a posição do bebe, bem como se está se movimentando. Moro no Sul e, como faz frio, tenho de colocar muitas cobertas no bebe e tenho medo de sufocá-lo…. fico preocupada, pra ver se está na posição certa e está se mexendo… Por surpresa, achei algo assim aqui no BR :http://www.caretech.com.br/
    Acho que funciona como uma baba eletrônica que indica posição e movimento do bebe.
    Bjs
    PS: adorei o blog!

  • Bebê Blogger junho 18th, 2010 em 11:21 pm

    Oi tia Roberta,
    Eu não sofri com refluxo, mas ainda assim papai e mamãe adotaram algumas medidas pra evitar qualquer desconforto.
    Conto sobre isso e mais a pesquisa que fiz sobre refluxo, aqui nesse post “Refluxo no bebê – O que é e como cuidar” Espero que te ajude 🙂

  • Rosi julho 26th, 2010 em 2:18 pm

    Ola preciso de ajuda estou cuidando de um bebe de oito meses que não consegue ficar longe de sua mae e tia enfim de quem ele sabe que os proteja com muito amor, cuido direitinho, mas ele tem que ver a tia se n]ao ele abre o berrero mesmo, como faço???????? obrigado

  • Bebê Blogger julho 30th, 2010 em 2:32 pm

    Oi tia Rosi,
    Isso é normal. A gente fica mesmo num desespero louco quando fica longe da mamãe.
    A dica é vc brincar com ele estando junto com a mãe tbém (tipo um período de adaptação). Assim ele se acostuma com vc e vê que vc é de confiança mesmo. 🙂

  • Talya janeiro 23rd, 2012 em 1:17 pm

    eu to cuidando de um bebe com o nome de anita e ela só chora o que eu fasso ?

Comente aqui