Bebê Blogger

Já nasceu o primeiro bebê blogueiro do Brasil… EU ;)

Parto domiciliar, como é isso?

Olha mamãe ai conversando com outras mães lá na palestra do Grupo Hanami :)Mamãe, papai e eu fomos numa palestra sobre parto domiciliar, oferecido pelo grupo Hanami, aqui em Florianópolis/SC.

Mamãe tem amigas que tiveram essa experiência e também  já leu bastante sobre o assunto, mas ainda tinha muitas dúvidas.

A palestra foi bem legal, eu ouvi tudinho, só não deu pra ver os slides e o filminho mostrando várias tias tendo seus bebês em casa, dentro da banheira.

Tem uma amiga da mamãe, a tia Renata que escreve para um blog chamado Mamíferas e também para o blog do Mamie Bella (junto com a mamãe e com a tia Letícia). Nesse último a tia Renata conta como foi o parto da Chiara – que nasceu em casa e na banheira.

Quando mamãe leu, pensou: “Meu deus, e se acontece algum contra-tempo ou se qualquer coisa der errado? Onde está o médico?”

O que aprendemos nessa palestra é que, pelo menos no Grupo Hanami, todas as integrantes (doulas/parteiras) são enfermeiras com especialização em obstetrícia (viu, aprendi a falar essa palavra difícil). Algumas até fizeram suas especializações fora do Brasil, e todas tem muita experiência em partos, tanto em hospitais como partos domiciliares.

Mamãe também perguntava sobre situações em que alguma coisa pudesse dar errado, e em todas as respostas o “plano B” das tias enfermeiras eram satisfatórios.

As tias do Hanami levam todo o material necessário pro atendimento de parto domiciliar, até equipamentos para situações de emergência, materiais para o alívio das dores (nada de remédios – tudo de forma natural), levam a piscina e tudo pra montagem, levam banco para parto de cócoras e um montão de apetrechos que eu nem sei pra que servem.

São sempre quatro enfermeiras que acompanham o trabalho de parto. Duas cuidam da mãe e as outras duas cuidam de preparar piscina, acessórios de massagens para aliviar as dores das contrações da futura mamãe e ficam atentas para auxiliar no que for necessário.

Ouvi também a tia Vânia (que era quem dava a palestra) contar que todos os procedimentos que acontecem com o bebê num hospital, também acontecem lá na casa onde o bebê nasceu.

Elas pesam e medem o bebê, fazem um teste que os sabidos chamam de teste APGAR – onde o bebê recebe notas de 1 a 10 referente aos seus reflexos básicos. Dão uma injeção (dessa parte eu não gostei) de vitamina K – que evita que o bebê tenha hemorragia já que nosso fígado ainda é imaturo pra produzir essa vitamina logo que nascemos. As tias também dão as orientações para os pais levarem seu bebê para tomar as primeiras vacinas e uma série de outras orientações, além de toda a papelada que o cartório precisa pra poder registrar o nascimento do novo integrante da familia.

As tias do Hanami só aceitam fazer um parto domiciliar se a gestante estiver com os exames de pré-natal em dia e se for uma gestação de baixo risco.

Já aconteceu de uma tia que estava tendo seu bebê em casa e do parto ter sido finalizado na maternidade. É que o tal do trabalho de parto demorou tanto, que quando o bebê “encaixou” pra descer a mãe dele já estava bem cansada e começou a sentir dores num nervo chamado ciático. Daí as tias do Hanami usaram o “plano B” delas e levaram a moça lá pra maternidade, onde o médico analisou a situação e tomou as medidas necessárias para um parto sem riscos.

Enfim… existem casos e casos, e eu ainda nem sei como vai ser na hora que eu resolver sair daqui. Mamãe está apreensiva, por isso está sempre pesquisando  sobre métodos e procedimentos.

Ela prefere que tudo seja da forma mais natural possível e quer ter certeza de que vamos estar bem clinicamente pra isso e, que se qualquer coisa desandar no meio do caminho, nem eu nem ela corramos perigo.

Então, eu vou contando aqui pra vocês tudo o que a gente descobrir sobre a hora do parto. É só acompanhar a tag Parto 🙂



Comentaram por aqui...

  • renata agosto 13th, 2009 em 7:55 am

    oi Lyane! puxa, que bacana que você tá acompanhando o Hanami. a parteira (tb enfermeira obstetra) já me falou desse grupo, parece ser bem legal. e é isso aí mesmo, parto domiciliar não é arriscado. é tudo muito pensado, preparado, cuidado. ah, só uma correçãozinha: a Chiara não nasceu na banheira não. a banheira tava montada, mas na hora que entrei não me senti bem lá. parto é assim, imprevisível, né? acabou que ela nasceu comigo de cócoras no chão da sala de estar! 🙂
    tô torcendo muito pra vc ter um parto maravilhoso, e receber teu baby blogueiro da forma mais linda possível. bjo!

  • Bebê Blogger agosto 13th, 2009 em 11:48 am

    Oi tia Renata!!
    Mamãe me contou de você, que teve suas gêmeas de parto natural e que a Chiara tbém nasceu de parto natural.
    Ah, eu queria nascer dentro da banheira, parece divertido. Pensei que a minha amiguinha (quem sabe, namoradinha) tivesse nascido na água. Até ia perguntar pra ela como foi.
    Brigado pelas palavras tia Rê. Tomara que eu tenha a oportunidade de conhecer você e as pimentinhas. Acho que a gente ia fazer uma baita bagunça 😉

  • Carolina G. agosto 19th, 2009 em 11:18 pm

    Bebê,
    Adorei o grupo Hanami!!!!
    Parecem maravilhosas.
    Eu nasci de parto natural. Não foi de cócoras, nem na banheira, mamãe se apoiou no papai numa cadeira e com os joelhos no chão…! E depois eu não me separei deles!
    Sua mãe já leu o livro nascer sorrindo??
    É lindo, recomenda para ela!
    Ah, afinal, bebê, qual vai ser o seu nome??
    Beijos!
    Leela, irmã do Ravi

  • Bebê Blogger agosto 20th, 2009 em 4:10 pm

    Oi Leela!!! e o Ravi, está bem?

    Você nasceu naturalmente? Que bacana!!!
    Vamos tentar, mamãe e eu. Mamãe tem um pouco de medo porque eu sou o primeiro bebê dela e ela nunca passou por uma experiência de parto. Só sei que quando chegar a hora eu vou saber o que tenho que fazer. E acho que, no final das contas, a mamãe também vai saber. Sabe esse lance de instinto? Acho que vai rolar alguma coisa desse tipo. E o papai também vai estar ali com a gente. Não vejo a hora de conhecer os dois 🙂
    Sobre o livro, ouvimos sobre ele no grupo Hanami. Obrigado pela dica 😉
    E meu nome??? bom… Mamãe e Papai já escolheram sim, mas me pediram segredo porque eles podem mudar de idéia ainda né… Só posso dizer que meu nome é diferente, curto e eu tô gostando de ser chamado por ele.
    🙂

  • Mayra agosto 26th, 2009 em 10:18 am

    Oi bebezinho amado!
    Que bom que as informações que receberam com a equipe foi válida e bem aproveitada.Foi muito legal ter a presença de vocês nos encontros!
    É.. o grande momento está cada vez mais próximo.
    O momento em que você saíra aí de dentro, desse lugar quentinho e apertadinho para um melhor ainda.. para o colinho da sua mamãe que te receberá com muito amor.. e ainda tem um leitinho bem gostoso e quentinho que está sendo produzido especialmente para você!
    Não fiquem com medo não! A natureza é muito sábia, vocês saberam o que fazer e na hora certa .. entrem no ritmo das ondas que chegam devagar e vão aumentando.. Vamos estar aqui do lado de fora ajudando vocês a passarem por esse lindo processo, com muita massagem, movimento, respiração, relaxamento… e nascerá essa linda família!
    Sim, todos nascerão.. você, a mamãe nascerá como mamãe e o papai como papai.
    Aproveite bem essas últimas semaninhas aí dentro…
    Grande beijo,
    Mayra e equipe hanami

  • Bebê Blogger agosto 26th, 2009 em 11:47 am

    Oi tia Mayra!!!!

    Brigado pelas palavras de encorajamento. Sinto mamãe bem tranquila quando está com vcs. E eu já saquei qual é a dela… agora ela está numa fase que não pode saber das coisas “ruins” que talvez possam acontecer… vamos contar pra ela só coisas boas e positivas. É que mamãe tem uma imaginação muito fértil e as vezes dá umas viajadas e vai imaginando coisas… daí fica nervosa – hahaha. Mas papai tá cuidando pra ela ficar tranquila e só “viajar” em coisas boas 😉
    Tomara que no dia em que eu resolver sair daqui, seja você a nossa doula.
    Vamos gostar muuuito 🙂

  • jacqueline agosto 26th, 2009 em 10:32 pm

    OLá!! aqui é a tia Jacque uma Hanamiga srsrsr
    gostei desse BB …está muito espertinho e ligado na missão..
    acho que vai ser muito paparicado pela mamãe e o papai..
    mas também quem não vai gostar de uma fofura cherosinha
    bjinho em vc , no papi e na mami
    saudações hanamigas
    com carinho
    Tia Jacquehanamiga

  • Bebê Blogger agosto 28th, 2009 em 11:22 am

    Oi tia Jacque!!!!!
    Ah… é que eu sou esperto e tudo que papai e mamãe descobrem eu fico sabendo e conto pra todas as outras mães e pais que, aposto, têm as mesmas dúvidas e medos.
    Papai disse que eu vou nascer na era da “web 2.0 – que é colaborativista” … não entendi direito isso, mas mamãe explicou pra mim… então, se é pra dividir conhecimento, eu tô dentro 😉
    Brigado pelas palavras e boas energias. Quando eu nascer vou querer ir no seu colo, pra ganhar uns mimos a mais 😉

Comente aqui