Bebê Blogger

Já nasceu o primeiro bebê blogueiro do Brasil… EU ;)

Novos sabores e texturas a partir dos 6 meses de idade

Não gostei mamãe! quero o leitinho!! :)Salvo exceções, boa parte das crianças costuma passar os seis primeiros meses de vida com um único e exclusivo sabor, o leitinho da mamãe. Natural então que a gente estranhe os novos sabores que vamos conhecer a partir de agora. Olha ai do lado a minha cara de “quem comeu e não gostou” hahaha

A introdução de novos alimentos deve começar aos 6 meses de idade, como recomendam os tios da Organização Mundial da Saúde (a tal da OMS). Mas ainda não é o momento de interromper o aleitamento, que, de acordo com esses mesmos tios, deve continuar até a criança completar 2 anos.

O normalmente as mamães fazem é incluir no nosso cardápio, sucos de frutas e as primeiras papinhas. Elas devem ser oferecidas sempre no intervalo entre as mamadas. E a principal recomendação para esta fase é justamente a de que os novos integrantes do cardápio sejam inseridos aos pouquinhos.

O que oferecer ao bebê a partir dos 6 meses de idade?

O tia ou tio pediatra é quem vai orientar as mamães de como introduzir os novos alimentos, e como agir em caso de alguma reação diferente. Mas, no geral, o suco de fruta é a opção mais indicada para inaugurar a nova etapa. Você pode começar, por exemplo, com o suco de uma laranja-lima, que deve ser oferecido em um copo, colher ou copinho de transição (eu uso o da NUK).

Como estamos num período de adaptação é importante oferecer um único tipo de fruta por cerca de três a sete dias. Esse tempo é o ideal para se perceber a tolerância do bebê ao novo alimento.

Depois dessa primeira experiência, ofereça o suco de outro tipo de fruta. Depois de uma a duas semanas, é hora de introduzir, sempre gradualmente, a papa de frutas e, depois, a sopinha salgada de legumes, carne e verduras, que devem ser amassadas com o garfo ou passadas pela peneira. Importante não usar o liquidificador, para que o bebê possa perceber melhor as texturas dos alimentos e para que o alimento tenha mais fibras e vitaminas. O tempero inicial deve ser apenas uma pitadinhaa de sal. A carne (bovina ou de frango) deve ser introduzida depois. O peixe é recomendado somente a partir do 10° mês.

As papinhas, tanto de frutas como as salgadas devem ser oferecidas em uma colher que não machuque, como as que têm a ponta revestida de silicone (eu uso uma colher da Giro Baby.

A partir do 7º mês, as papas e sopinhas já não devem mais ser passados pela peneira. Os pedacinhos sólidos, inclusive de carne, farão com que a mastigação seja estimulada.

Alimentos rejeitados e a importância da rotina nas refeições

Se seu bebê não quiser aceitar determinado tipo de alimento, não insista  – mas também não desista! Você pode ter sucesso em uma outra oportunidade. Leva um tempo para gente se adapte a esses  novos sabores.

Eu, por exemplo, tô dando o maior trabalhão pra mamãe. Faço careta e tranco a boca pra tudo que não seja o peito ou água (que mamãe ofereceu e eu gostei bastante). Por isso, alguns alimentos precisam ser oferecidos diversas vezes e em ocasiões diferentes, até que seu bebê aceite. Mas não force. A hora da alimentação deve ser divertida e não um sofrimento 😉

Outra dica importante é que desde sempre deve-se estabelecer uma rotina de refeições. Ou seja, procure servir o almoço e o jantar sempre no mesmo horário.

Para finalizar, não esqueça que o leite materno continua sendo importante para a saúde do bebê, por isso ofereça sempre ao seu bebê.



Comentaram por aqui...

  • rebeka março 8th, 2011 em 9:32 am

    esa historia e bonitaas

  • kátia abril 4th, 2011 em 3:37 pm

    meu filhinho de 9 meses não aceita nada, não sei o que fazer…

  • Bebê Blogger abril 6th, 2011 em 2:08 pm

    Oi tia Kátia,
    Não se preocupe… tem vezes que a gente fica sem apetite mesmo: pode ser por causa do dente que tá nascendo, pode ser pq a gente enjoa da comida, pode ser pq a gente não brincou tanto assim pra ter tanta fome… pode ser um monte de coisas. O importante é a gente ser acompanhado por um pediatra legal que cuida pra gente não ficar abaixo do peso ideal pra idade 🙂

  • Cintia setembro 21st, 2011 em 12:02 am

    adorei o post e o blog!!!

  • Isabel dezembro 8th, 2011 em 3:47 pm

    estou com dificuldade para alimentar a minha bebê de cinco meses, volto a trabalhar dia 17/12 e não sei o que fazer.

  • Alessandra novembro 21st, 2013 em 12:37 pm

    ola, minha bebezinha acabou de fazer 6 meses, e já esta na sopinha mas estou c duvidas a respeito dos horários e intervalos de cada alimento, por favor preciso de ajuda.

Comente aqui